6 de jun de 2013

SOBRE O STEEL FRAME

Pouco ainda se sabe no Brasil, sobre a nova modalidade construtiva a seco, que tem no Exterior sua divulgação e execução muito mais efetiva e já a muitos anos.
Sabendo um pouco mais deste sistema construtivo que esta sendo implementado no Brasil.

Diversas construtoras nacionais tem se especializado neste segmento oferecendo sistemas de construção com o mesmo nível de tecnologia empregado em Estados Unidos, Canadá, Austrália, e muitos outros países.
Utilizando estes avanços, casas populares podem ser construídas em série em menos de 30 dias, e residências de alto padrão em até 120 dias, prazos impossíveis de atingir em construções convencionais.Este sistema de construção, chamado nos Estados Unidos de "steel frame", é também conhecido no Brasil como "construção a seco" e seu estilo é caracterizado pelo nome "American Home".O sistema industrializado de construção usa basicamente produtos padronizados de tecnologia avançada, em que os elementos construtivos são produzidos industrialmente, onde a matéria prima utilizada, os processos de fabricação, suas características técnicas e acabamento passam por rigorosos controles de qualidade. Estes materiais padronizados permitem uma redução significativa de mão de obra, evitando também desperdícios e erros.

ProjetosComo a construção em steel frame é muito rápida os projetos arquitetônico e de instalações devem estar prontos antes do inicio da obra, pois existe a necessidade de que todos os materiais sejam comprados de acordo com o cronograma da obra que é muito preciso.
Projeto de Arquitetura
Fundação
Sobre o radier são colocadas as chapas de aço para a fixação da estrutura metálica e nestas chapas são marcadas as posições dos perfis para a construção do sistema em "steel frame". 
A fixação dos painéis ao radier é feita com uso de pinos de 50 mm, com fixação à pólvora.


Estrutura
montam-se as paredes do primeiro e segundo pavimento e a estrutura do telhado.
As peças metálicas da estrutura são moduladas, e os perfis já são fornecidos pela fábrica obedecendo as medidas especificadas em projeto, evitando desperdício e perda de tempo, permitindo que os operários apenas realizem a montagem das peças. Como o projeto estrutural das casas é flexível, permite diversas soluções arquitetônicas e pode ter até 3 pavimentos.
Os pisos desses pavimentos podem ser executados em Painel Wall, Painel cimentício, Painel OSB ou painel de madeira que poderão receber como acabamento, carpete, revestimento cerâmico ou piso de madeira.
Nas áreas molhadas (banheiros, cozinha, áreas de serviço) o piso deverá receber uma manta impermeabilizante.


Cobertura
Sobre a estrutura de tesouras metálicas, é feita a colocação do "Ply wood", (placas de madeira) ou placas cimentícias com fibrocelulose.
As paredes internas são feitas com chapas de gesso acartonado, com miolo de lã de rocha ou de vidro, que garantem um isolamento acústico de até 60 db.
As paredes contém as tubulações de elétrica e de hidráulica (que podem ser de PVC ou de polietileno articulado - PEX), além dos dutos de ar condicionado e de aspiração central.


Acabamento
Com a manta colocada, pode ser realizado o acabamento final das fachadas. Esse acabamento pode ser desde tijolo à vista, o "siding" vinilico ou painel cimenticio de várias cores e texturas. 

Na face exposta da manta é colocada uma tela metálica sobre a que será espalhada a cola para assentamento de piso cerâmico.


Existem empresas que já executam o pacote de projetos para este sistema construtivo, indicando todos os materiais de acordocom o padrão da obra. 
Apesar da obra ser industrializada, a arquitetura pode ser concebida em qualquer estilo , em qualquer tamanho, e com diferentes distribuições internas, com ou sem desníveis, obedecendo é claro as características técnicas dos materiais utilizados.
A fundação básica deste tipo de construção é o Radier , que é uma laje de concreto com cerca de 15 cm de espessura, que dispensa a perfuração do solo para a execução de brocas, sapatas ou cravação de estacas . O terreno deve ser nivelado e preparado para receber o concreto colocando-se uma camada de brita sobre a terra e uma manta impermeabilizante sobre a brita.O radier é feito em toda extensão da casa incluindo as calçadas laterais, as áreas para varanda e garagem.
Após a conclusão do "radier", começa a montagem dos perfis leves metálicos. Eles são parafusados uns aos outros, formando uma estrutura rigida. Nessa etapa,
Sobre estas placas, fixa-se uma membrana permeável (não tecido) que serve como isolante de água (Tyvek), e, em seguida, a cobertura com telhas que podem ser metálicas, de barro ou ainda telhas asfálticas tipo "shingle".
Para as paredes externas e fachada são utilizadas as placas cimentícias com argila expandida ou placas de fibrocelulose prensada com cimento, com espessuras de 10 a 12 cm, parafusadas nos perfis, recebendo impermeabilizante nas juntas.
Após a colocação dos painéis para fechamento das paredes externas, se procede à colocação de uma manta impermeabilizante de polietileno de alta densidade para garantir a total estanqueidade das paredes.
O revestimento das paredes internas pode variar, de acordo com o projeto, podendo receber tinta acrílica, papel de parede, peças de granito ou mármore, azulejos ou revestimentos cerâmicos nas áreas molhadas.
As chapas de gesso utilizadas nestas áreas (cozinha, área de serviço, banheiros) são resistentes à umidade mas recebem aplicação de manta asfáltica ou manta auto-adesiva para a impermeabilização.